Resoluções e outros clichês de ano novo

Réveillion vem do francês réveiller, que significa acordar, e seja lá quem inventou essa metáfora, ela é bem inspiradora-clichê-brega. Acordai, portanto, leitores. Renascei. Saindo do mimimi: eis minha lista de resoluções literárias para este ano. Achei que seria interessante estabelecer metas, até mesmo para evitar permanecer na minha zona de conforto, e os breves comentários preconceituosos sobre os livros listados vão ser interessantes depois da leitura e eventual resenhação. Expectativas podem não ser construtivas, mas com um mar infinito de publicações por aí, somos obrigados a julgar para poder fazer escolhas.

Areia nos Dentes – Antônio Xerxenesky

Zumbis e faroeste. Precisa explicar por que desperta curiosidade? Como se não bastasse a mistura inusitada, Xerxenesky já me cativou com A Página Assombrada por Fantasmas, seu livro de contos. Promete ser um livro de passo rápido e de estrutura ousada. Veremos.

.

.
O Velho e o Mar – Ernest Hemingway

Esse vai ser a minha introdução em Hemingway. Já está até comprado, e é uma novela bem curtinha, então não deve tardar para eu formar minha opinião. O autor me atrai pelo tão falado “culto ao simples”. Apesar de nunca ter lido nada dos autores estadunidenses da década de 30, penso que esse minimalismo literário possivelmente combina com o tipo de leitora que eu sou. Portanto, pelos mesmos motivos, tenho nutrido uma certa curiosidade por John Steinback.

Antologia Poética – Carlos Drummond de Andrade

Ano passado eu até que tentei: li um pouco de Neruda, um pouco de Pessoa. Mas poesia nunca foi o meu negócio. Pra sair da tão temida zona de conforto, achei que uma pitada de Drummond seria perfeito para me fazer adentrar nesse mundo de versos. Inteligente, mas não rebuscado. Fácil, mas genial. Leve e divertido.

 

Antes de nascer o mundo – Mia Couto

Nunca li Mia Couto e pelo que tenho lido de críticas por aí, essa é uma carência que precisa ser suprida com urgência. A  escolha desse romance é, na verdade, um tanto quanto aleatória, fui por algumas indicações de amigos. Não tenho noção do que esperar em termos de enredo, mas em estrutura, imagino uma narrativa bonita, feita de frases bem escolhidas, e ainda assim mantendo sua simplicidade. Um tanto de poesia na prosa. Mas daí talvez já seja invencionice minha.

Daytripper – Gabriel Bá e Fábio Moon

Pelo que li de resenhas, o enredo promete uma construção bem original. Além disso, a arte da dupla me agrada muito, e em se tratando de HQs isso é uns 70% pra mim. Por exemplo, Sandman parece ter um enredo interessante e é incrivelmente popular, já cheguei a quase começar a ler – mas não consigo, porque a arte não me agrada. Agora eu só preciso superar o desafio e conseguir encontrar Daytripper para comprar. Isso é sempre um problema pra mim, Kafka de Crumb sabe muito bem (que, aliás, só não coloquei aqui para não ficar repetitiva).

Só cinco porque eu sou nova com isso de metas e se eu me estender é bem capaz de não cumprir. Então só o que realmente está me dando coceira de tanta vontade de ler. Mas aceito sugestões de coração aberto. (e feliz 2012!)

Anúncios

4 respostas em “Resoluções e outros clichês de ano novo

  1. Oi, Carolina!
    Nossa que post bacana este.
    Também fiz uma listinha, mas preciso ler alguns livros que ainda estão na estante, que por falta de tempo com o corre-corre frenético do trabalho-faculdade não tive como lê-los.
    Mas é sempre bom listar o que buscamos para o ano que se inicia, não é verdade? Então, boa sorte e boa leitura.

    Beijos.

  2. Obrigada pela visita e pelo comment =)
    Listinha boa essa hein?!
    Eu entrei naquele desafio literário mas até agora não comecei a ler os livros do desafio heheh vamos ver o q vai dar
    abraço!

  3. Eu li no ano passado Areia nos Dentes, de Xerxenesky, e li O velho e o mar. Escrevi sobre os dois no meu blog (http://catalisecritica.wordpress.com), mas recomendo que só leia depois de terminar de ler os romances, naturalmente.
    Estou louco para ler daytripper. Só leio coisas boas sobre essa história. E Mia Couto está na minha lista, mas tem uma porção de gente na frente dele ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s