Prêmio Eisner: webcomics

Com a Comic-Con de San Diego batendo na porta, começa a corrida contra o tempo pra ler o máximo de títulos indicados ao prêmio Eisner. O meu prêmio de quadrinhos preferido tem fama de revelar artistas novos, histórias fresquinhas e futuros clássicos. Diferente dos anos passados, este ano as gigantes DC e Marvel saíram de foco, e a mais alternativa Fantagraphics e autores independentes conquistaram seus lugares. Eu tenho tentado finalizar a leitura dos indicados às grandes categorias (melhor graphic album, melhor escritor/artista, melhor série contínua), mas como eu nunca tinha ouvido falar da maioria dos títulos – o que acho ótimo, claro -, ainda falta bastante coisa. Só tinha uma categoria na qual eu já estava um pouco mais avançada na época da divulgação dos concorrentes: as minhas amadas webcomics <3.

Webcomics são lindas por definição. A internet, esse lugarzinho mágico, permite que qualquer artista publique qualquer coisa para que qualquer pessoa possa ler. Simples e eficiente. Daí surgem obras lindas para todos os gostos, com muitas opções fora do monopólio das grandes editoras.

Dito isso, vamos à lista de indicados e minha breve opinião sobre cada um deles:

OUR BLOODSTAINED ROOF, de Ryan Andrews

Uma história curta e bem interessante; Our Bloodstained Roof não é uma séria contínua como os outros títulos. A arte é linda: pintada a nanquim mas suave, com o vermelho destacado por motivos claros. O jeito de desenhar as crianças, a história meio triste meio bonitinha e o tom de relato da infância me lembrou Retalhos, do Craig Thompson, que resenhei há alguns dias.

O enredo é meio excêntrico, não é o tipo de coisa que agrada qualquer um. Ainda assim, eu gostei. Me abriu os olhos para o Ryan Andrews. Depois de ter lido Our Bloodstained Roof, fui checar o site do autor e descobri várias coisas bonitas e promissoras. Já tinha ouvido falar da série Sarah and the Seed – a história de Sarah, que dá a luz a uma semente ao invés de a um bebê -, que foi indicada ano passado, e agora comecei a ler e é uma história bem sensível. Lá no site dele também tem um outro quadrinho curto legal, sem falas, e o preview de um quadrinho maior que parece bom.

O meu veredito (apenas com fins de enxerimento e bisbilhotice):

– Desenhos: 7

– Cor: 7

– Construção visual: 7

– Enredo: 4

ANT COMIC, de Michael DeForge

A arte de Ant Comic é MUITO LEGAL. Mesmo. Acho que já vale a pena só por isso. O Michael DeForge (que também é desenhista e escritor de Hora de Aventura!) tem um estilo bem gráfico, geométrico e todo coloridão.

Ant Comic são várias historinhas cômicas quase independentes entre si, mas que, na minha opinião, são melhor lidas da mais velha até a mais nova. Mas… sei lá. Muitas vezes acontece de eu não engolir muito bem o senso de humor delas. Sinceramente, prefiro outros trabalhos do DeForge.

– Desenhos: 10

– Cor: 10

– Construção visual: 7

– Enredo: 1

BANDETTE, de Colleen Coover e Paul Tobin

Pra mim ficou claro que Bandette é, entre todos os cinco, o melhor no quesito entretenimento. Bandette é uma trapaceira ardilosa, que lidera um grupo de justiceiros – a não ser quando o crime é bom demais para resistir. A arte de Coover é boa, mas sem tirar o foco da história. Bandette é daqueles quadrinhos difíceis de parar de ler. Infelizmente é o único dos cinco que não é gratuito, e cada volume custa 0,99 doletas na Comixology.

Do casal Coover e Tobin também saiu Gingerbread Girl, que tem um estilo parecido com Bandette – só que em preto e branco. Eu também admiro muito os trabalhos que a Coover fez na Marvel.

– Desenhos: 9

– Cor: 9

– Construção visual: 7

– Enredo: 10

IT WILL ALL HURT, de Farel Dalrymple

Bem lúdicos, os desenhos de It Will All Hurt são lindos, talvez até os melhores entre os indicados. A história é como um sonho (ou pesadelo): meio louca, meio triste, meio boba. O Dalrymple já publicou até a parte 4, e por enquanto o enredo ainda não tomou forma definida, mas o público já conhece personagens bem legais, como a Almendra, o Leon e o Gato Gris. Quem gosta de ficção científica e fantasia deveria ir dar uma checada.

– Desenhos: 10

– Cor: 9

– Construção visual: 10

– Enredo: 5

OYSTER WAR, de Ben Towle

E por último, uma história com uma estrutura mais tradicional em relação às outras. Os desenhos do Ben são legais, eu adoro as feições dos personagens. Oyster War é a história do Capitão Bulloch e sua tripulação inusitada contra seus arquirrivais, o pirata Fink e seus homens. A ação tá começando pra valer só agora, e tá imperdível: tem navios, magia, lendas e Davy Jones. Mas, na minha opinião, a história demorou um pouquinho pra esquentar. Então a dica é: não desista no primeiro capítulo.

– Desenhos: 9

– Cor: 9

– Construção Visual: 10

– Enredo: 7

Os meus favoritos são os três últimos, mas ficou bem difícil escolher só um. Oyster War é o coringa, que não tem quem não goste; Bandette é o que tem mais leitores; It Will All Hurt tem leitores parecidos com o do vencedor do ano passado, Battlepug. Bem acirrado.
Como o público é quem dá o voto final, minha aposta vai para… Bandette! Sem muita certeza, mas acho que se eu não escolhesse nenhum, não tinha graça. Alguém mais arrisca um palpite?

PS.: acertei ;)

Anúncios

5 respostas em “Prêmio Eisner: webcomics

  1. Olá! Gostei muito do seu blog, e adorei todos esses! Mas os dois favoritos foram IT WILL ALL HURT, de Farel Dalrymple e OUR BLOODSTAINED ROOF, de Ryan Andrews. Amei os dois desenhos! *-*
    Também gostei muito de retalhos, e parabéns pelo incrível blog!

      • Adoro quadrinhos! Vou visitá-lo sim! Você já ouviu falar dos quadrinhos da Julie Maroh? Ela fez uma graphic novel chamada “Azul é a cor mais quente”, eu fui dar uma olhada e parece ser demais (ainda não comprei o livro). E já que você gosta, queria saber se já leu, e e recomendar caso não tenha lido! =D

      • Eu não li, e também estou morrendo de vontade de ler! Fiquei conhecendo por causa do filme, e minhas amigas amaram e recomendam demais. Quero ler assim que for possível (:

  2. Pingback: os melhores de 2013 — webcomics! | cora comics

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s